Cáritas Diocesana de Pesqueira e OAB realizam ato em prol de segurança

Segundo o Anuário Brasileiro da Segurança Pública, sete pessoas morreram por hora no Brasil, no ano de 2016, conforme dados divulgados esta semana pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O estado de Pernambuco ocupa a quarta posição do ranking brasileiro de mortes violentas intencionais, com taxa de 14,4 % para a relação mortes por 100 mil habitantes em 2016.

Na cidade de Pesqueira, localizada no Agreste Pernambucano, os números da violência são mais específicos segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS), do Governo do Estado. De janeiro a setembro deste ano, o número de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) que significa crime de homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, totalizou 20 neste período, uma média de 2,2 ao mês. Já as vítimas de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), que são os classificados como roubo, extorsão mediante sequestro e roubo com restrição da liberdade da vítima, no mesmo período contabilizou 341, sendo os meses de janeiro, março e julho com as maiores ocorrências.

Preocupados com a falta de segurança da população pesqueirense, a Cáritas Diocesana de Pesqueira e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseccional Pesqueira, irão realizar na quinta-feira, 09, o ato “Todos Por Segurança”.

Divulgação

Foto: Divulgação

Para a secretária executiva da Cáritas Diocesana de Pesqueira, Neilda Pereira, “vivemos um momento marcado pela violência onde diariamente vemos notícias de assaltos, furtos e assassinatos. Os índices comprovam que não existe uma política pública eficaz para sanar ou amenizar esta situação. Enquanto Igreja e sociedade civil precisamos mobilizar a população e as autoridades competentes para juntos traçarmos novas possibilidades e caminhos para diminuir e coibir a violência no município. Esse é o nosso objetivo”, comenta.

O evento terá concentração na Praça Dom José Lopes em frente à Catedral de Santa Águeda, a partir das 8h30, seguida de uma caminhada até a Rádio Jornal para uma Audiência Pública. Na ocasião haverá presença de autoridades onde será debatido o que está sendo feito para prevenir, conter e combater a violência na cidade. Como proposição será elaborado um documento e criada uma comissão para apresentar estas colocações as autoridades responsáveis.

De acordo com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)- Subseccional Pesqueira, Augusto Ramos, “os índices de violência e criminalidade têm crescido assustadoramente em nossa cidade e não podemos ficar de braços cruzados enquanto isso. Neste sentido, a OAB e a Cáritas convocam toda sociedade civil organizada e população para juntos unirmos forças neste ato”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>