Canhotinho-PE: Ex-jogador Valdiram recebe alta, ganha oportunidade na equipe do Olaria, desaparece e volta pedindo dinheiro para viajar para São Paulo

Oportunidade. Essa é a palavra que mais define o canhotinhense e ex-jogador Valdiram, porém essa palavra vem sempre acompanhada de uma outra palavra: “Desperdiçada”.

Valdiram desperdiçou dezenas de oportunidades desde que começou seu envolvimento com as drogas, álcool e sexo descontrolados.

O ex-jogador brilhou nos gramados e teve e viveu o auge da sua carreira ao se tornar um dos principais jogadores da equipe Vasco da Gama, onde atuou ao lado do craque Romário e chegou a ser artilheiro da Copa do Brasil de 2006.

Valdiram viveu diversas situações, chegando a ser acusado de tentativa de estupro, roubos, internações em clínicas de reabilitação, participação em igrejas como Pastor, etc.

Os últimos acontecimentos desta história foram quando Valdiram foi encontrado morando nas ruas do Bairro Bonsucesso, no Rio de Janeiro, daí sensibilizou o time do Vasco e ganhou a oportunidade de se tratar de seu vício em drogas e álcool em uma clínica.

Valdiram permaneceu em reabilitação por mais de quatro meses, quando recebeu alta e ganhou a oportunidade de treinar na equipe do Olaria.

O canhotinhense chegou a treinar cinco dias, inclusive residindo no alojamento do clube, mas, nas sexta-feira (29/06) pediu dinheiro para comprar creme dental e uma sandália, porém, sua saída para a tal compra durou oito dias.

No sábado (07/07), Valdiram retornou ao clube e pediu dinheiro para que ele fosse para São Paulo, em busca de sua irmã. O presidente do clube pediu a funcionários que acompanhassem o ex-jogador até a rodoviária, onde o mesmo embarcou com destino a São Paulo.

34kpeuw3ns_4emqhas4j7_fileTV Replay, informações é aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>