Cachoeirinha-PE: Discussão sobre Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) provoca debate acalorado entre vereadores – (Sessão na Íntegra)

Na noite da última terça-feira (06) a TV Replay esteve transmitindo Ao Vivo a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha-PE.

Na ocasião, esteve em pauta o Projeto de Lei nº 016/2018, de autoria do Poder Executivo, o qual estabelece a revisão do Plano de Amortização do Regime Próprio de Previdência Social do Município (RPPS).

Os parlamentares debateram e escutaram as explanações do Contador Tadeu Sander, onde afirmou que o projeto vem garantir o equilíbrio financeiro do regime próprio previdenciário. Criado em 2012 no município, o RPPS obrigatoriamente segue com um plano de custeio, o qual visa manter o equilíbrio financeiro e o equilíbrio atuarial. Segundo Tadeu Sander, o Regime Próprio de Cachoeirinha está entre os melhores regimes próprios de previdência do estado de Pernambuco.

Por 9 votos a 1, o projeto foi aprovado na 1ª votação. Em diversos momentos da sessão, os debates foram acalorados entre oposição e situação. Major Morais, vereador da oposição e que votou contra o projeto, foi a tribuna e questionou o contador quanto as condições impostas no mesmo, e afirmou que discordava do que estava sendo proposto, uma vez que para ele, o projeto estaria retirando as garantias e os direitos dos servidores públicos, e que estes servidores deveriam participar da sessão através de audiência pública antes de ser aprovado.

Os demais parlamentares afirmaram entender que o projeto ao contrário do que alegou o Major Morais, visa garantir pelos próximos anos os direitos de todo funcionário público que venha a se aposentar. 

IMG-2303

(Fotos: Reprodução / Câmara de Vereadores – Por José Cícero)

IMG-2301IMG-2305IMG-2300IMG-2302IMG-2299 IMG-2304 IMG-2306 IMG-2307

2 ideias sobre “Cachoeirinha-PE: Discussão sobre Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) provoca debate acalorado entre vereadores – (Sessão na Íntegra)

Todos os cometários são de responsabilidade de seus autores e não significa o pensamento da TV Replay. Cada um responderá por suas próprias ações.

  1. A questão envolvendo os Institutos de Previdência dos Municípios está provocando terríveis danos aos aposentados e aos que querem se aposentar. No Cabo de Santo agostinho, o bandido Lula Cabral (prefeito da cidade) e outros cúmplices roubaram mais de R$ 90.000.000,00 e segundo investigações, pode chegar a mais de R$ 113.000.000,00. Em Orobó, o roubo ultrapassa os R$ 2.600.000,00. Aos poucos, a roubalheira vem sendo descoberta e muitas investigações está em andamento com outros prefeitos e funcionários bandidos a serem descobertos. Todos os funcionários de prefeituras devem, mês a mês, verificarem a aplicação desses valores e acompanharem seu andamento. Muitos prefeitos criminosos e seus cúmplices estão se apoderando dos cofres desses institutos e enriquecendo ilicitamente. Todo cuidado é pouco! Vigilância total!

  2. As aposentadorias de milhares de servidores municipais estão correndo enormes perigos. Muitos municípios estão sendo investigados e mais bombas irão explodir. Há muitos ladrões querendo se apossar ilicitamente do dinheiro dessas aposentadoria.Tem que haver transparência na guarda desse dinheiro e na sua aplicação. Os cachoeirinhenses, mesmo acreditando na lisura do instituto daqui, devem e tem o direito de exigir o que de fato ocorre. Os servidores municipais, como os demais munícipes devem participar das reuniões na Câmara para tomarem conhecimento da realidade e assim, poderem exigir seus direitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>