Blog de Airton Sousa: Campinense complica o Sport outra vez

Nem mesmo a estréia do técnico Ney Franco, evitou a derrota do Sport na noite dessa 5ª feira (30), no Estádio Amigão, em Campina Grande, para o Campinense, pelo placar de 3 x 1. O Sport voltou a jogar mal, inclusive contando com todos os titulares, e apesar disso, não se encontrou em campo e complicou sua situação na Copa do Nordeste.

É bom lembrar, que foi o Campinense, que em 2016, tirou o Sport da competição. Agora o time leonino, no jogo de volta, domingo (02/04), terá que vencer com diferença de dois gols, e não tomar nenhum, caso contrário, o vexame será maior ainda, perante a sua torcida, que não vem bem com os resultados, e acreditava ser o ex-técnico Daniel Paulista, o motivo do mal futebol do time.

Está provado agora, apesar de poucos reconhecerem, que existem carências de melhores profissionais no Sport, e que poucos estão alcançando essas deficiências. O treinador Ney Franco terá que reverter, caso contrário, será responsabilizado também se a classificação não acontecer.

O time do Campinense, que também estreava o treinador Ney da Mata, teve facilidade para jogar, principalmente pelas falhas constantes de marcação do meio campo leonino, e pelo fraco futebol jogado pela defensiva, principalmente Samuel Xavier, que falhou em um dos gols do time paraibano.

Aos 28 minutos o jogador Magno abre o placar, demorou apenas um minuto, e aos vinte nove minutos Augusto amplia, deixando o Sport apavorado, no restante do primeiro tempo. Terminando assim 2 x 0 a favor da raposa paraibana.

Na segunda etapa, mais precaução por parte do Campinense, o Sport tentando se encontrar, e aos 35 minutos, o jogador Juninho desconta para o rubro-negro, dando a entender que a partir daquele momento, o Sport reagiria. Puro engano, 3 minutos depois, a torcida leonina silencia, o estádio explode de emoção, porque o Campinense fazia o terceiro gol, com Reinaldo Alagoano, aos 38 minutos, ampliando o placar, deixando o jogo com 3 x 1, para o Campinense.

O Campinense deu um passo importante para passar para as semi-finais da Copa do Nordeste, onde pode empatar com qualquer resultado, ou perder pelo placar de 1 x 0. Ao Sport cabe, se quiser continuar na competição, ter a competência de marcar 2 x 0, sem tomar nenhum gol. A dúvida é a seguinte: será que agora, diante da necessidade, o time terá a competência  que não teve no três últimos jogos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>