Blog de Airton Sousa – Sport paga tributo caro pelos erros cometidos

                                       rebaixamento leonino

Finalmente aconteceu o que estava previsto: O Sport rebaixado para a série B em 2019. A esta altura não adianta procurar os culpados, afinal de contas todos tiveram um pouquinho de culpa nesse rebaixamento. Uma coisa era depender de uma vitória contra o time B do Santos, outra coisa era depender também dos concorrentes.

Foi uma sucessão de erros desde o início do ano, quando os dirigentes não aceitaram participar da Copa do Nordeste, coisa que ninguém entendeu, no entanto passou. Vieram os erros do Campeonato  Estadual, Copa do Brasil, e por incrível que pareça uma boa primeira fase do Brasileirão, surpreendendo a todos.

A troca de treinadores, cada um com a sua filosofia e seus preferidos, salários incompatíveis com a condição do clube, jogadores velhos e viciados, e o pior: Quando todos pensavam que a estrutura do Sport estava de pé, tudo começou a desmanchar, com as cobranças e os problemas vindo à tona.

Foi o estopim para que a casa caísse, a crise aumentasse e os resultados fossem desaparecendo, após a Copa do Mundo. Quase no fundo do poço, a diretoria contratou o técnico Milton Mendes, para evitar o naufrágio, e quase que era evitado, porém o time na última partida dependia dele e da combinação de resultados.

A Ilha lotada, o torcedor fez o seu papel como sempre, no entanto a classificação do Sport dependia de uma vitória contra o reserva do Santos, e uma combinação de resultados dos jogos da Chapecoense, Fluminense, Vasco e América, e não deu outra: O Sport venceu, mais os concorrentes direto atrapalharam e deixaram o Sport fora da série A.

Aquela velha história, não há mal só pelo mal. Quem sabe esse rebaixamento possa fazer os novos dirigentes vestirem o manto da humildade, trabalharem um elenco mais barato, darem qualidade a esse elenco, trazendo um treinador que consiga acertar dentro de um patamar mais econômico.

Agora é tentar se organizar, arrumar a casa, que aliás está muito desarrumada, se organizar financeiramente e preparar um time para a série B, sem contudo querer começar de sapato alto. Não vai ser fácil, as verbas vão diminuir em média 50%, a mídia será inferior e os adversários duros onde vale mais a garra e a raça, do que a condição técnica. É pagar para vêr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>