Blog de Airton Sousa – Sport derrota o Vasco porém continua na vice lanterna

                                  clausio winck

Jogando na noite desse sábado (20), o Sport conseguiu vencer ao Vasco pelo placar de 2 x 1. Porém, pelo déficit de vitórias o time soma 30 pontos, e continua na décima nona posição  ou seja, na vice lanterna da competição. Entendendo-se com isso que a situação rubro negra ainda é insustentável.

A questão é muito fácil de explicar, nesse momento o ponto de corte é 45 pontos, sendo necessário ao rubro negro, vencer cinco das oito partidas restantes que tem na competição. Serão 4 jogos em casa (Ceará, Vitória, Flamengo e Santos). Enquanto que fora de casa o time tem pela frente Grêmio, Fluminense, Chapecoense e São Paulo.

Ainda formando o raciocínio dentro do critérios de vitórias, existem confrontos diretos nesse restante de competição: Ceará, Vitória, Flamengo, onde obrigatoriamente o time terá que vencer esses três adversários , afim de tentar escapar do rebaixamento, fato que também atinge os concorrentes.

O jogo desse sábado (20) contra o Vasco da Gama, teve um bom primeiro tempo por parte do Sport, onde o time teve liberdade de jogar, observando-se que o treinador Milton Mendes tentou com seis alterações dá uma linha tática, conseguindo através dos jogadores Jair e Marcão, Michel Bastos e Mateus Gonçalves, que  se sobressaíram na partida.

O gol do Sport foi de Mateus Gonçalves aos 25 minutos, enquanto que Fabrício empatou aos 39 minutos, terminando 1 x 1 a primeira fase e o Sport tendo mais posse de bola e chances de gol. Porém o Vasco da Gama dificultou em alguns momentos o domínio rubro negro pela presença de Rafael, Desabato, Fabrício, Max Lopes, já que Picachu saiu aos 20 minutos.

No segundo tempo o jogo foi mais pegado, muitas faltas e outra vez o Sport melhor, até que aos vinte e dois minutos Claudio Wink desempatou. A partir daí muitos erros da arbitragem: Aos 34 a anulação de um gol de Andrigo, aos 41 minutos a marcação de um pênalti defendido por Fernando Miguel, e aos 50 minutos a não marcação de um pênalti a favor do Vasco.

Foi uma verdadeira lambança da arbitragem e levando-se em consideração os lances citados, podemos afirmar com convicção que houve influência da arbitragem no resultado do jogo. É bom lembrar que foi Wilton Sampaio de Goiás que trabalhou como árbitro de vídeo na decisão da Copa do Brasil,entre Corinthians e Cruzeiro.

A situação do time leonino continua muito grave, mesmo sem deixar de tirar os méritos da vitória, só lembrando que foi uma vitória igual a essa também na Ilha do Retiro, contra o Internacional que fez o time entrar com excesso de otimismo e levar uma goleada contra o Atlético do Paraná, porém os méritos da vitória contra o Vasco foi do Sport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>