Blog de Airton Sousa: Santa Cruz vence e respira – Náutico perde e afunda

                                          fggf

Finalmente a torcida reagiu , o Santa Cruz venceu bem ao Goiás pelo placar de 3 x 0.  Todos esperavam e era obrigação tricolor vencer  por várias razões. O jogo era no Arruda, o time vinha a vários jogos sem vencer, caindo a cada rodada na tábua de classificação até   chegar  a zona de rebaixamento. Caso não conseguisse a vitória muitas seriam as consequências.

Dois minutos e João Paulo abria o placar, dando uma certa tranquilidade ao time, a partir daí outra chance com André Luiz aos 18 minutos. Depois dos 20 minutos, o Santa Cruz recuou cedendo espaço  ao adversário, principalmente com Léo Sena e Andrezinho, no entanto o Oeste não conseguia chutar com perigo para o goleiro Julio César, até que entrou Bruno Paulo aos 26 minutos, na contusão  de André Luiz.

Após  a entrada de Bruno Paulo, o Santa Cruz ganhou fôlego, criando com Primão aos 26 minutos, porém o Goiás acordou  chutando duas bolas, aos 29 minutos Tiago Luiz com Julio Cesar fazendo uma grande defesa, além de Andrezinho com uma bola de cabeça aos 30 minutos.  Após esse lance, houve uma certa acomodação das duas equipes e o time pernambucano terminou o primeiro tempo ganhando por 1 x 0.

Na segunda etapa, o Goiás teve aos 4 minutos um gol nulo de Carlos Eduardo que estava impedido,  e  o Santa Cruz sendo dominado o tempo todo pelo setor direito, esperando-se a todo instante o empate do jogo. Porém após 35 minutos, com a entrada de Daniel Bueno, o Santa Cruz voltou a predominar com uma chance aos 37 minutos, uma bola na trave aos 39, e aos 40 e 43 respectivamente,  com Bruno Paulo marcando e  a surpresa da marcação de dois gols, fechando o placar de 3 x 0 e uma grande vitória. Próximo jogo no Paraná, contra o Londrina.

No sábado a tarde (16), foi a vez do Náutico entrar em campo contra o Oeste. No primeiro tempo um domínio de bola e passes de 62% do time paulista, pressionando o tempo todo, porém chutando pouco. O Náutico teve a rigor uma boa chance com Giovani aos 33 minutos. Porém foi um primeiro tempo em que o Oeste dominou o tempo todo.

Aos 43 Ávila era expulso, deixando o Náutico com um jogador a menos. Os grandes destaques do time paulista foram Mazinho, Gabriel e Daniel Borges com um detalhe importante, a boa qualidade do gramado. No segundo tempo, como era de se esperar aumentou a pressão do Oeste, aos 7 minutos o jogador Rafael Luiz chutava para uma grande defesa de Jeferson. Porém aos 26 minutos,  Robert que havia entrado marcou o gol da vitória do Oeste.

A bola aérea foi o tempo todo lançada contra a área do  Náutico, daí uma verdadeira blitz e esperando-se a cada instante acontecer o segundo gol do Oeste, que passou a exigir de Jeferson grandes  e importantes defesas. Podemos até dizer que o goleiro alvi-rubro foi o melhor jogador do time pernambucano, principalmente nas bolas na área. .

Com a frente no placar, o Oeste insistia o tempo todo na marcação do segundo gol, com o Náutico resistindo  a todo custo, sem poder de reação porque estava com um jogador a menos. Era visível que o Náutico estava aceitando a derrota e não tinha mais forças para avançar pelo sistema de jogadas em diagonal do time paulista. A derrota de 1 x 0, não traduziu o volume de jogo do Oeste, no entanto com a derrota a situação timbu complica-se a cada rodada. Próximo jogo em Caruaru sábado (23), contra o Internacional. Além desse jogo mais três:  30\09 – Boa Esporte. 14\10 – Guarani. 20\10 ABC, conforme acerto entre as diretorias do Náutico e do Central.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>