Blog de Airton Sousa – Penúltima rodada da série C do Brasileiro, promete

                                                   sereie c

Teremos neste fim de semana,  a penúltima rodada de grupos da série C do Brasileirão 2018. Estarão jogando todas as equipes, onde algumas chegam na parte de cima, outras tentam escapar do rebaixamento. Faltando apenas duas rodadas, é grande a expectativa das torcidas em torno desses jogos.

O Náutico joga neste sábado (04) na Arena de Pernambuco, onde a diretoria timbu espera um público em torno de 20 mil pessoas, o que sinceramente com todo otimismo, não  acreditamos que venha  acontecer. No máximo 14 mil pessoas, o que já consideramos um bom público para o nível da competição.

O time Pernambucano se encontra na segunda colocação do grupo A com 27 pontos, empatado com o Atlético do Acre com a mesma pontuação, porém som um saldo melhor, daí o Atlético está na primeira colocação. Quanto ao time do ABC tem 21 pontos, com remotas possibilidades de passar a outra fase.

Outro jogo envolvendo um Pernambucano, desta feita na Bahia  domingo (5), é o Juazeirense contra  o Santa Cruz. O tricolor está na terceira colocação com 24 pontos, bastando um empate para voltar com 80% da classificação garantida, principalmente se o Náutico atrapalhar a vida do ABC.

Quanto ao Juazeirense, dificilmente escapa do rebaixamento, tem 17 pontos e divide a lanterna  com outro Pernambucano, o Salgueiro. É um jogo em que o Santa Cruz tem tudo para voltar com um resultado positivo, pela fragilidade e posição do adversário. A questão é que  em um momento importante desses,  os jogadores estão sem receber a bastante tempo.

O Salgueiro tem um jogo de vida ou morte em casa contra o Remo também desesperado, no entanto está fora da zona de rebaixamento com 18 pontos, bastando um empate para decidir sua sorte em Belém do Pará na última rodada. Quanto ao time salgueirense, é vencer  e torcer que o Santa Cruz atrapalhe as pretensões do Juazeirense.

Finalmente é a vez do Sport dá a volta por cima, depois de quatro derrotas consecutivas, principalmente a goleada sofrida para o Flamengo. Em quatro jogos após a Copa do Mundo, o rubro-negro levou oito gol, fez apenas dois, daí o ambiente ser o mais conturbado possível na Ilha do Retiro, entre dirigentes, técnico e jogadores.

A diretoria do Sport encontrou um culpado para a atual situação: a imprensa. Essa semana foi proibido o acesso da imprensa nos treinamentos, talvez para não divulgar os problemas, principalmente financeiros que cercam todo o grupo, daí a insatisfação dos profissionais. No entanto a torcida espera que a reação aconteça.

Porém, uma coisa é certa. Se por acaso conseguir vencer ao time da Chapecoense, o ambiente melhora um pouco, principalmente se a diretoria assumir a responsabilidade dos débitos, caso contrário outras providencias deverão ser  tomadas, quem sabe com o afastamento do treinador e alguns jogadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>