Blog de Airton Sousa: Náutico perde e continua fora do G4

Num jogo, em que a torcida timbu fez o seu papel, indo a capital alagoana, incentivando o time, e saindo decepcionada, o Náutico terminou perdendo para o desesperado Clube de Regatas Brasil, pelo placar de 1 x 0. O time alagoano jogava uma cartada decisiva, porque se não conseguisse vencer, teria afastada de uma vez por todas, as chances de brigar por uma das vagas no G 4.

Tivemos um primeiro tempo com os goleiros trabalhando muito, as defesas superando os ataques e as finalizações erradas, foi esse o padrão da primeira fase, com o Náutico encontrando dificuldades na transmissão e também sentindo a falta de um jogador com presença de área, enquanto que o adversário tentava a todo custo, principalmente com o artilheiro Zé Carlos, que não fez um bom jogo. Daí o 0 x 0 do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Clube de Regatas Brasil, voltou mais agudo e ofensivo, principalmente com o jogador Wellington Junior, que apavorou o sistema defensivo timbu, pela direita, onde o Náutico sentiu a ausência do jogador Gaston Filgueira, entre outros jogadores. A transição do time alvi-rubro foi complicada, e a verdade é que o time alagoano foi dono absoluto do segundo tempo. De tanto insistir e diante das facilidades, terminou marcando o gol da vitória aos 35 minutos, com Matheus Galdezani, após uma troca de passe errada entre os jogadores Marco Antonio e Igor Rabelo.

Se o Náutico estava mal, piorou muito mais,depois do gol sofrido, sem encontrar a capacidade suficiente de reagir. A derrota complicou a situação do Náutico, principalmente pelos resultados dos concorrentes diretos: Avaí, Bahia, e o próprio Regatas. O Náutico continua fora do G4, agora com uma diferença de 2 pontos para o Bahia e 3 pontos para o Avaí, que venceram os seus jogos. O próximo jogo do timbu, será terça-feira(08), na Arena de Pernambuco contra o Goiás, que perdeu o clássico para o Atlético por 4 x 2.

Se quiser continuar na disputa por uma vaga no G4, o time timbu terá que vencer ao Goiás, e partir para outra vitória contra o Avaí, em Santa Catarina, no próximo final de semana. O ponto negativo do jogo de hoje, além da derrota do Náutico, foi a arbitragem de Alinor Silva da Paixão, que anulou um gol legítimo do Náutico, e deixou de marcar um pênalti claro, a favor do Clube de Regatas Brasil. Ou seja, uma arbitragem que terminou influenciando no resultado do jogo, mais uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>