Blog de Airton Sousa: Futebol Nacional e Internacional

 10163040218-t480x280

Tivemos uma terça-feira (14), recheada de jogos para todos os gostos. Desde vários amistosos com Seleções em preparativos para a Copa de 2018, até o Campeonato Brasileiro da série-B, com as equipes na briga para o acesso a primeira divisão, até aquelas que tentam se manter na série-B e outras que já caíram ou tentam escapar do rebaixamento.

Começando pelos amistosos, a Seleção Brasileira empatou na Inglaterra contra a seleção local, com o placar de 0 x 0.Um jogo forte, com muitas faltas, pouca produçõe e sem gols. De um lado os Brasileiros com jogadas individuais e de pouca criatividade, do outro lado os donos da casa que estavam desfalcados de sete titulares, limitando-se apenas a marcação segura.

No final, o treinador Tite tirou as suas conclusões, inclusive fazendo modificações no segundo tempo, criando expectativa na mudança do plano tático, visando as dificuldades que poderão surgir na Copa do Mundo. O goleiro e a zaga com boa atuação, a meia cancha apenas destruindo jogadas e o ataque que não funcionou. Foi  razoável a impressão que a seleção deixou, no final do amistoso.

Outros resultados: Polônia 0 x l México, Coréia do Sul l x l Sérvia, China 0 x 4 Colômbia, Argentina 2 x 4 Nigéria, Rússia 3 x 3 Espanha, Romênia 0 x 3 Holanda, Alemanha 2 x 2 França, Bélgica 1 x 0 Japão, Áustria 2 x 1 Uruguai, Portugal 1 x 1 Estados Unidos. Além disso, ficou a decepção pela desclassificação da Itália para a Copa da Rússia.

Falando agora do Campeonato Brasileiro, tivemos o Náutico jogando e enfrentando ao Criciúma em Santa Catarina. O resultado foi 0 x 0, com um futebol pobre de técnica, com pouca criatividade e desmotivação do time pernambucano, já rebaixado antecipadamente. Pouca foi a motivação no  jogo, mesmo pelo time do Criciúma, já garantido na série-B em 2018.

O fato que chamou a atenção na manhã dessa terça-feira (14), foram as declarações do atacante William Batoré, acusando o treinador Roberto Fernandes de estúpido, sem modos de tratar os subordinados. Como todos sabem, o jogador no intervalo do jogo no sábado passado, pediu para deixar o clube, o que foi atendido. O grupo de jogadores não quis se manifestar, deixado a briga entre as duas partes e a diretoria do clube. O Náutico volta a jogar neste final de semana no Arruda, contra o Vila Nova.

Ainda com relação a série-B, o Santa Cruz voltou a campo, jogando no Estádio do Arruda contra o Paraná, uma equipe que briga para subir a série-A. Porém, nada motivou a torcida, um público quase inexistente deixando vazio o Estádio  o que é lamentável, além da expectativa de pagamento aos jogadores e comissão técnica. Prometeram pagar antes do jogo, e não foi cumprida a promessa.

Com respeito ao jogo, um Santa Cruz sem interesse , pouca correria e uma lentidão a todo instante. Quanto ao Paraná brigando pela posse da bola e tentando atrair o Santa Cruz para construir as jogadas de contra ataques. Mesmo assim sem atingir o seu objetivo, pela marcação antecipada da zaga tricolor. Até vinte e cinco minutos poucas foram as jogadas que merecessem destaque na partida, e foi assim até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Santa Cruz aproveitou o desacerto do Paraná, avançou a marcação, passou a jogar no campo paranaense e mesmo com a expulsão de João Paulo os comandados de Martelotti, foram melhores no segundo tempo de jogo. Final  0 x 0 foi o placar e o Santa Cruz joga neste sábado (18), em Belém do Pará contra o Paysandu.

Declarações de muita revolta, por parte de alguns jogadores do Santa Cruz, em razão do não cumprimento da palavra dos dirigentes  e da Federação. Adiado o pagamento e a dúvida, o time entra ou não em campo no sábado contra o Paysandu? Isso é posto, pelo fato de tudo que foi dito depois do jogo, onde observou-se a insatisfação dos jogadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>