Blog de Airton Sousa: Decisão para as finais sem favoritos

O placar apertado entre Santa Cruz x Salgueiro, com apenas 1 x 0 para o time tricolor, torna o jogo desse sábado (22), no Sertão, uma partida onde um detalhe pode decidir o classificado. Um simples placar de 1 x 0, com um pênalti duvidoso, faz com que aumente a emoção para a partida de volta entre as duas equipes.

No jogo de sábado passado no Arruda, tecnicamente o Santa Cruz foi melhor. Porém encontrou dificuldade nas finalizações e poucas foram as chances criadas pelas duas equipes. No entanto, a vitória apertada do time tricolor, lhe permite jogar por um empate, o que é um pequeno percentual de vantagem.

Está aberta a vaga, porque sabemos a força do Salgueiro em casa, bem como conhecemos a capacidade do técnico Vinícius Eutrópio, em aplicar retranca, só saindo para o jogo em um descuido do adversário. Portanto, o fato de jogar em casa, com o apoio da torcida e por conhecer o campo de jogo, torna o resultado mais indefinido ainda. Não arriscamos nenhum favorito para o jogo entre Salgueiro x Santa Cruz.

Enquanto isso, uma história mais ou menos parecida, entre Sport e Náutico. 3 x 2 foi o placar a favor do Sport, que teve mais desempenho, mais chances de gols, principalmente  no primeiro tempo. Porém, Marco Antonio abriu o placar para o Náutico aos 44 minutos de jogo. As chances do Sport no primeiro tempo, foram as seguintes: Mena, aos 3 minutos; Rogério aos 5;  outra vez Rogério aos 12; mais uma vez Rogério aos 24; Fabrício aos 29; André aos 33, 34 e 36 minutos. Enquanto que o Náutico teve as seguintes chances: 23 minutos com Anselmo; 40 com Thiago Alves e aos 44 minutos, o gol de Marco Antonio.

No segundo tempo também não foi diferente. Prevalecia o domínio ofensivo do Sport. Aos 12 minutos uma cabeçada de André e aos 7 minutos o gol de empate com Diego Sousa. Continuavam as chances para as duas equipes. Aos 10 minutos uma cabeçada na trave de Diego Sousa; e aos 19 minutos Anselmo desempatava para o Náutico. Depois do segundo gol do Náutico, os treinadores resolveram mexer nas equipes.

Um equilíbrio no jogo pelo cansaço de alguns jogadores, a exemplo de Diego Sousa pelo Sport e Marco Antonio pelo Náutico. Porém a surpresa estava para acontecer. O iluminado Juninho, que tinha entrado no lugar de Ronaldo, faz aos 45 e aos 47 minutos, os dois gols que fecharam o placar de 3 x 2 para o Sport.

Também a vaga está aberta. O Sport joga por um empate e qualquer vitória do Náutico, leva a partida para penalidades. Portanto, teremos um sábado e domingo de muita emoção, para conhecermos os dois finalistas do Campeonato Pernambucano de 2017. Também não arriscamos apontar qual será o finalista, por tudo que vimos entre as duas equipes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>