Blog de Airton Sousa: Atlético e Coritiba quebram barreira de monopólio

Com as torcidas presentes no estádio, na vibração e rivalidade do futebol do Paraná, todos aguardavam ansiosos a entrada dos times, e consequentemente o início da partida. De repente, entra o Atlético em campo e passados alguns minutos, o técnico Paulo Autuori, chama os jogadores para se retirarem. Ninguém entendeu nada, porque momentos após, o mesmo fato aconteceu com o Coritiba, mesmo com o trio de arbitragem presente no centro do gramado.

Posteriormente os times entraram em campo outra vez, para evitar a perda de pontos por WO. Aí começou a confusão nas explicações dos dirigentes para a imprensa. O fato é que os dois clubes não assinaram o patrocínio da transmissão, com a estação detentora dos direitos, e acordaram para transmitir o jogo pelo youtube, sem o consentimento da Federação Paranaense de Futebol.

Confusão  no gramado, nos bastidores, nas arquibancadas e a essa altura, fora do estádio e nas ruas, onde houve a intervenção do policiamento, que foi importante para evitar que fatos mais graves viessem a acontecer. Esse é um fato que demonstra mais uma vez, o poder de alguns veículos de comunicação no nosso futebol, chegando ao extremo de deixar de acontecer um jogo, com os times e as torcidas presentes em campo, em um autêntico desrespeito a história do futebol brasileiro.

A ideia com a atitude do que aconteceu no futebol do Paraná, é quebrar o monopólio de alguns canais de televisão, que, em parceria com as Federações Estaduais e a CBF, vem trazendo cada vez mais prejuízos morais e financeiros para o nosso futebol, e principalmente um tremendo desrespeito ao torcedor brasileiro. Agora, é aguardar o desdobramento do fato, através dos órgãos responsáveis, pelo lado jurídico do nosso futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>