BLOG DE AIRTON SOUSA – Arbitragem Argentina decide à Copa da Rússia

index

Infelizmente nem o árbitro de vídeo evitou que a arbitragem influenciasse na decisão final da Copa do Mundo da Rússia 2018. Dois erros gravíssimos cometidos pelo árbitro argentino Néston Pintana, no primeiro gol dos franceses aos marcar uma falta inexistente aos 19 minutos e o segundo gol aos 36 minutos na marcação de um pênalti também inexistente.

É bom lembrar que no primeiro gol, foi a segunda vez que a França foi ao ataque, porque até então era a Croácia quem mandava no jogo. Mesmo tendo tomado um gol após uma falta inexistente, a Croácia empatou o jogo aos 28 minutos. Porém, logo em seguida após o empate o árbitro comete outro erro marcando um pênalti e a França fez 2 x 1, placar do primeiro tempo.

Dois técnicos que se superaram, Didier Deschamps que teve ameaçado de demissão antes da Copa e conseguiu  o título de campeão do mundo, creditando-se também a um grupo de jogadores de qualidade: Mbappé, Griezmann, Pogba, Kanté, Varane, Umtiti entre outros nomes, além da idade onde a maioria dos jogadores estão aptos para a Copa de 2022.

Enquanto isso o técnico da Croácia Zlatko Dalic, que chegou a Copa junto com os seus comandados desacreditado, foi avançando de fase em fase e surpreendentemente tirando das finais, as consideradas seleções favoritas e terminou perdendo o título de campeão graças a dois erros da arbitragem, sem querer tirar os méritos da seleção francesa.

A exemplo da Seleção da França, também grandes nomes nos croatas: Luca Modric, Perisic, Mandzukic, Rakitic, Vida, Strinic, destacando-se a média de idade desses jogadores e outros que com certeza chegarão a Copa de 2022. Além de tudo isso, ressalte-se a festa de civilização que o mundo assistiu durante toda a Copa.

Voltando ao jogo, tivemos  um segundo tempo outra vez com uma arbitragem conturbada, a França chegando ao terceiro e quarto gol, porém aconteceu o segundo gol da Croácia, com uma falha do goleiro francês. Placar final de 4 x 2 e a França com o título de campeã, juntando-se ao título de 1998 quando venceu ao Brasil por 3 x 0.

A escolha do craque da Copa foi para Luca Modric da Croácia, enquanto que o goleiro Courtois da França, teve o título de Luva de ouro. Vem aí duas grandes competições,  Champions Cup  e a etapa de classificação da Euro Copa. Para finalizar, na entrega das premiações, uma chuva torrencial chegou ao Luzhuiki Stadium em Moscou, fechando com chave de ouro as festividades da Copa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>