Blog de Airton Sousa – Acabou o ano para Náutico e Santa Cruz – Sport entra na zona de rebaixamento

 Futebol_de_Pernambuco_Unido

Um fim de semana  onde tricolores, alvi rubros e rubros negros só choraram e não cansam de se lamentar. Náutico e Santa Cruz, com os resultados deram adeus a chance de voltarem a série B, enquanto que o Sport que vinha beirando há muito tempo a zona de rebaixamento, terminou mergulhando após perder para o Botafogo.

A lamentação começou no sábado à noite, onde o time rubro negro foi ao Rio de Janeiro e conseguiu outra vez levantar mais um adversário. O time fez um primeiro tempo razoável, porém as finalizações não tiveram o destino do gol adversário, terminando com o placar de 0 x 0.

Na segundo etapa de partida, repetiu-se os erros dos jogos anteriores e de novo o time amargou mais uma derrota, desta feita 2 x 0 para o Botafogo, e assim sendo entrou na zona de rebaixamento, mesmo porque alguns adversários que estavam próximos, conseguiram vencer e mergulhar o rubro negro pernambucano..

É a terceira derrota nesta segunda etapa do campeonato, aliando-se as outras do primeiro turno. A competição começa a afunilar, faltando dezessete rodadas das quais o time terá que vencer nove jogos, somar vinte sete pontos e chegar aos quarenta e sete, o que é uma missão até certo ponto complicada.

Domingo (02) na Ilha do Retiro, o Sport enfrentará ao Paraná lanterna da série A, cujo técnico é Claudinei Oliveira ex Sport, e que conhece todos os detalhes do time rubro negro, tornando a situação mais difícil ainda, podemos dizer que a cada jogo a situação do time  se complica mais.

Na tarde do domingo (26), outra vez mais dois desastres. O Santa Cruz que havia vencido no Arruda ao Operário do Paraná por 1 x 0, e que tomou no segundo tempo um sufoco, porém saiu do Arruda para jogar por um empate, ou até levar a partida para os pênaltis, caso perdesse por 1 x 0.

Eram relativamente difíceis as chances, pela limitação técnica do tricolor. No entanto havia um fio de esperança. No primeiro tempo até que o time se aguentou, mesmo com toda pressão do adversário. Porém no segundo tempo, os gols foram surgindo e o jogo terminou com o decepcionante placar de 3 x 0, classificando o time do Paraná.

Agora é vê como suportar 120 dias sem futebol, com as dívidas chegando e a obrigação de remontar um grupo para 2019. Além do mais, é preciso fôlego para enfrentar outra vez a série C, dentro de um calendário difícil, sem a mídia da televisão e sem as quotas que os times da série B têm direito.

No Náutico nada muda, é a mesma história, a mesma lamentação, o mesmo choro do Santa Cruz. Porque jogando em casa, depois de perder em Bragança Paulista por 3 x 1, o time entrou ansioso, tenso, apavorado e com pouca qualidade nas finalizações, contra um adversário qualificado e que vinha de uma vantagem  infinitamente maior que o time timbu, pelo fato da vitória do primeiro jogo.

Para completar, o Náutico tomou um gol ainda no primeiro tempo, o treinador na tentativa de tornar a equipe mais ofensiva, tirou um volante marcador e colocou um meia atacante, fortalecendo o ataque, porém fragilizando a marcação e o setor defensivo, até que  o time esboçou uma certa reação.

No segundo tempo perdendo por 1 x 0, o treinador apela para a colocação de Rafael Assis, depois Jobson, e continuou pressionando no desespero , Wallace Pernambucano desperdiça uma penalidade e posteriormente acontece o empate, sem contudo mudar a trajetória do jogo, nem do adversário.

Quanto ao Bragantino, garantiu a passagem para a série B em Bragança Paulista, quando com qualidade venceu por 3 x 1, entrando na Arena com a tranquilidade de um time que sabia perfeitamente o que fazer. O Náutico agora, terá que pensar na volta para os Aflitos, juntar os cacos e recomeçar nesses 120 dias o planejamento para 2019.

Estão classificadas três das quatro equipes do grupo B: Bragantino, Operário, Botafogo de Ribeirão Preto. Para esta noite a última partida para se conhecer o outro classificado. Atlético do Acre que perdeu no primeiro jogo para o Cuiabá por 2 x 0 atua em casa, tentando reverter a vantagem, o que não será nada fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>