Blog de Airton Sousa: Diego Sousa e Rithely aguardam julgamento

Com muita expectativa, os rubro-negros aguardam nesta quinta-feira (03), o julgamento dos jogadores Rithely e Diego Sousa. O problema das críticas dos dois jogadores, após o jogo contra o Palmeiras, pode custar muito caro, principalmente para o clube, onde a média de punição para casos idênticos, é de um a seis jogos, com a inclusão de determinado valor em multa. Enquanto Rithely disse palavras mais ásperas contra a arbitragem. Diego Sousa, tem o agravante de ser reincidente, não no caso de agressões aos árbitros, porém por reclamações e jogadas violentas, o que torna a sua situação muito mais complicada.

A direção do Sport Clube do Recife, através do seu departamento jurídico, providenciou a defesa dos atletas, e já se prepara para uma liminar suspensiva, condicionando os jogadores a atuarem, principalmente contra o Grêmio na próxima segunda-feira(07), em Porto Alegre. Desta maneira, é grande a expectativa para o julgamento, até porque os jogadores são titulares absolutos, e ainda há possibilidade de algumas ausências para os próximos compromissos.

A exemplo de agressões e críticas aos árbitros, um fato internacional, chamou atenção. Pela Liga Inglesa, o conhecido técnico Mourinho fez um comentário sobre determinado árbitro, dizendo o seguinte: “O árbitro  é de uma excelente qualidade, porém a pressão externa pode influenciar na sua atuação “.  Só por isso, teve uma punição de 50 mil libras, correspondente a R$ 200 mil reais, e suspensão automática. Imaginem se as questões de arbitragem que acontecem no Brasil, fossem na Europa, como seriam as punições. No mínimo, a maioria dos condenados seria banido do futebol. Porém, aqui tudo pode, quase nada acontece e o futebol brasileiro vai vivendo esse momento de decadência, no campo e fora de campo.

Agora, o que interessa, é que Rithely e Diego Sousa serão julgados e os rubro-negros vão aguardar o que pode e deve acontecer, esperando-se que fique o exemplo. Na próxima vez, os jogadores deixem os comentários para a imprensa, e as críticas para os dirigentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>